E agora? Muitas pessoas quitam seus financiamentos e às vezes não sabem o que fazer depois. Sendo assim vamos explicar como funciona.

Alienação

Os veículos quando financiados são alienados, ou seja, a pessoa que adquire o crédito e´possuidora de direito e depositaria do veículo, assume a responsabilidade e encargos do mesmo e só após a quitação possui o veículo definitivamente.

Gravame

Carros, motos e caminhões financiados, constam no Sistema Nacional de Gravames, que é quem garante às Instituições Financeiras a custódia do bem. O CRV – Certificado de Registro de Veículo, vem em nome do devedor mas com os termos “alienação fiduciária” em nome da instituição financiadora.

Quitação

Quando o financiamento é quitado, é necessário solicitar um novo documento sem a indicação do Gravame.  

A baixa do gravame é feita pela instituição financeira logo quando a dívida é eliminada, mas é necessário emitir um novo CRV com os dados do proprietário do veículo.

Caso o veículo tenha débitos em atrasos, indicações de furto/roubo ou duplicidade do número de chassi é preciso estar tudo regularizado para pode pedir a nova documentação.

Passo a passo:

1) Procure a Unidade de Trânsito de registro do veículo. Lá será feita a pesquisa de gravames;

2) Com o documento de licenciamento, vá até uma agência bancária para recolher a taxa do novo certificado de registro.

Caso haja débitos pendentes como multas, será necessário pagá-los;

3) De volta à Unidade de Trânsito, leve comprovante de quitação de todos os débitos com cópia. Solicite também pesquisa Renavam, feita gratuitamente;

4) Solicite a emissão do novo documento sem a observação do gravame.

Documentos obrigatórios:

Documento de identificação pessoal (RG, CNH, dentre outros previstos na Portaria 1288/2011 do Detran.SP) – original e uma cópia simples;

Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) – original e uma cópia simples;

Comprovante de endereço – original e uma cópia simples;

Certificado de Registro de Veículo (CRV) – original;

Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) – original;

Laudo de vistoria de identificação veicular, exceto para veículo 0 km – original;

Comprovante de pagamento de débitos (tributos, multas ou encargos pendentes) – original e uma cópia simples;

Fonte: Radar Nacional

Anúncios