É  mais comum a resistência do genitor que detém a guarda  não entregar o filho para a visitação. No post anterior escrevi sobre as mães bandidas que evitam a presença do pai e iniciam com alienação parental logo nos primeiros anos de vida da criança.

Quem sofre mais é a criança.

Na prática, se observa que o genitor mau pagador de pensão é o que não tem interesse em visitar o filho.  O devedor de pensão alimentícia associa o pagamento da pensão  com o direito de visitar a criança. Ocorre que é dever pagar a pensão, assim como é direito-dever cumprir a visitação do menor.

Crédito da foto:

<a href=”http://www.freepik.com”>Designed by Brgfx / Freepik</a>

Advogada, licenciada em Letras pela PUC/RS, bacharel em Ciências Jurídicas pela Faculdade de Direito da PUCRS, com especialização em Direito Civil pela UFRGS e Direito de Família e Sucessões pela Universidade Luterana (ULBRA/RS), Mestre em Direitos Fundamentais pela Universidade Luterana.
Escritório em Porto Alegre/RS, Av. Augusto Meyer, 163 conj. 304.
Email: linda@ostjen.com

Anúncios