Créditos: Gam1983 / Shutterstock.comEm um caso de união homoafetiva dissolvida, a Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que a animosidade entre as ex-companheiras e suas diferenças de ponto de vista sobre criação de filhos não são impedimento para a fixação da guarda compartilhada. Ao analisar o recurso da mãe biológica, inconformada com…

via Animosidade entre ex-companheiras não impede guarda compartilhada, decide STJ — Portal Juristas

Anúncios