Depende do tipo de interdição. A interdição pode ser total ou parcial. Ela pode abranger todos os aspectos da vida civil ou se restringir a apenas alguns.

Um exemplo de interdição total: pessoa com idade,  debilitada em último grau pela doença de Alzheimer. Em virtude da enfermidade, como no exemplo,  a pessoa perde totalmente o discernimento e, em último nível, torna-se incapaz de ter discernimento, de ter cuidado consigo mesma,  tomar os medicamentos, andar pela rua, lidar com finanças e dinheiro.

Em uma situação do tipo, o procedimento de interdição conduzirá o Juiz a declarar a total inaptidão para exercer sozinho atos civis e, consequentemente, a interdição será total e na interdição total a pessoa interditada dependerá de curador para todos os atos da vida civil.

Linda Ostjen
Advogada, licenciada em Letras pela PUC/RS, bacharel em Ciências Jurídicas pela Faculdade de Direito da PUCRS, com especialização em Direito Civil pela UFRGS e Direito de Família e Sucessões pela Universidade Luterana (ULBRA/RS), Mestre em Direitos Fundamentais pela Universidade Luterana.
Escritório em Porto Alegre/RS, Av. Augusto Meyer, 163 conj. 304.
Email: linda@ostjen.com

Anúncios