Comprar um imóvel é uma decisão  importante e trabalhosa. Muitos me consultam para verificar se a papelada está correta. É comum  a gente ficar perdida e extraviada com tantos documentos, certidões e guias.

Então, você  encontrou o imóvel, observou a posição solar, o preço e a convenção do condomínio (você poderá levar o seu cachorro?) e está tudo certo.

Nessas alturas  você já está morrendo de paixão pela casa.  Já te imagina com um cálice enorme e lindo de vinho contemplando aquela vista ao som do Belchior. Ou outra música. Na verdade, o teu som é  do Vinícius de Morães:  “Um velho calção de banho, um dia pra vadiar e um mar que não tem tamanho…um arco-iris no ar”.  Você não estava ouvindo a “casa no campo”, tampouco projetando  compor  “rocks rurais ” como Belchior, que Deus o tenha.

O que importa é que você  quer assinar imediatamente, afinal,  não pode perder a casa dos seus sonhos.

Calma! Nada de assinar agora.

Primeiro, vamos  verificar a idoneidade de quem está vendendo o imóvel e, para isso, importa obter as certidões negativas do vendedor no Cartório de Protesto,  as ações cíveis, ações de Falência e concordata, ações na  Justiça do Trabalho, CND/INSS (débitos),  Executivos fiscais, municipais e estaduais, ações na Justiça Federal.

Após devemos analisar a situação do bem, ou seja, o imóvel em si precisa ser apto de ser vendido. Os documentos do imóvel que precisam ser checados antes da firmação do contrato de compra e venda incluem a Certidão negativa de ônus reais (comprovando que o imóvel está livre de dívidas) e Certidão negativa de IPTU.

Agora é a sua vez. Vamos checar e apresentar as tuas certidões negativas. Se resolveu optar pelo financiamento deverá observar todos os requisitos para sacar o FGTS. O site da caixa  traz a lista dos documentos necessários.

Como utilizar o FGTS para a casa própria.

Finalmente, depois de todos os procedimentos anteriores, é  hora de assinar o contrato de Compra e venda e, de preferência,  sob a orientação  de um advogado, porque assim podem ser analisados os riscos, verificados os documentos e também as partes envolvidas. O contrato de Compra e Venda é essencial para comprar um imóvel, pois  estão nele descritos as intenções e os direitos e deveres de ambas as partes.

As leis brasileiras que definem  “propriedade” rezam que só  transfere a propriedade para você após o registro do documento em cartório, portanto é imprescindível o Registro do Contrato de Compra e Venda.

Sucesso e seja muito feliz na casa nova. E, se precisar, entra em contato.

 

Anúncios