Educadores se unem à campanha de combate ao abuso e exploração sexual infanto-juvenil. Assista aos vídeos de professores

A escola ocupa lugar fundamental na rede de atenção a crianças e adolescentes. Muitas vezes, é lá que educadores identificam que algo de errado está acontecendo com os alunos. E é através deles que casos abuso e exploração sexual vêm à tona e são denunciados, já que este tipo de violência, em especial, é extremamente silenciosa e de difícil prevenção.

Um dos objetivos centrais da campanha “Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes – O problema é nosso! Denuncie”, lançada em maio deste ano pelo Poder Judiciário, é, justamente, ajudar as instituições escolares a identificar e orientar no encaminhamento das notificações às autoridades competentes, casos suspeitos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Ao mesmo tempo, pretende-se incentivar que o tema seja abordado em sala de aula, bem como junto à comunidade escolar.

Os vídeos abaixo contam com a participação de professores de escolas públicas e privadas, que já aderiram a esta grande mobilização. O uso do material é liberado para escolas, veículos de comunicação e instituições ligadas à rede de atendimento e proteção infanto-juvenil.

Para mais informações, entre em contato: cijrs@tj.rs.gov.br ou imprensa@tj.rs.gov.br.

Conheça a campanha: http://www.tjrs.jus.br/abuso_criancas_adolescentes.

Assista aos vídeos gravados por professores, alertando para o problema e orientando os colegas a buscar auxílio: http://www.tjrs.jus.br/abuso_criancas_adolescentes/?pagina=pg_videos

Fonte: site do TJRS. Texto; Janine Souza

Anúncios