Não, o título não está errado, este absurdo aconteceu na China. A história foi mais ou menos assim: Quando o marido da chinesa Jian Feng viu seu bebê recém-nascido pela primeira vez, ele ficou horrorizado.

Ele achou a menina tão feia, mas tão feia, que se recusou a acreditar que ele e sua deslumbrante e linda mulher  pudessem ter gerado uma criança tão horrorosa.

Sua primeira reação foi culpar sua parceira, acusando-a de ter um caso extra-conjugal.

Mas ela então confessou que sua atual aparência bonita era fruto de mais de R$ 200.000,00 (£60.000) gastos em cirurgias plásticas que ela havia feito para se tornar bela, e que o bebê era realmente deles.

Furioso, o china levou o caso ao tribunal, alegando que ela o havia enganado por não revelar as cirurgias antes do casamento – e ganhou o processo!!…

Feng disse: “Eu casei com a minha esposa por amor, mas assim que tivemos a nossa primeira filha, começamos a ter problemas conjugais”.

“Nossa filha é absurdamente feia, a ponto de me horrorizar.”

Incrivelmente, o tribunal concordou e condenou a mulher a pagar R$ 240.000,00 (£75.000) ao marido depois de ter admitido que não disse nada a ele sobre as cirurgias.

Um juiz do tribunal do norte da China disse que a mulher tinha enganado Feng para se casar com ela – e também concedeu o divórcio. Ele decidiu que como Feng não tinha conhecimento das cirurgias, sua esposa tinha usado de “falsas premissas”.

Acredite, se queiser…

*Matéria de 2014, servindo aqui apenas como curiosidade

Fonte: gente-estranha

Anúncios