Advogada em Porto Alegre trata do direito de tirar conteúdo do google
Advogada Linda Ostjen e o direito

Como o próprio nome sugere, o primeiro passo para fazer um divórcio consensual é o prévio consenso entre as partes.

Em segundo lugar, o casal só poderá realizar o divórcio consensual diretamente no cartório caso não haja filhos menores ou incapazes descendentes da relação.

Em terceiro lugar, é imprescindível a presença de um advogado, de preferência especializado em direito da família. O casal precisará de apenas um advogado para representar ambas as partes.

 Documentos necessários

Caso você deseje fazer a separação consensual, é importante reunir a documentação necessária, para que na hora não falte nenhum detalhe importante que possa impedir o seguimento do processo. Confira:

  • cópia da identidade e CPF de ambos;
  • comprovante de residência;
  • certidão de Casamento;
  • pacto antenupcial, se houver;
  • certidão de nascimento dos filhos se houver filhos;
  • relação de bens se houver;
  • documentos dos bens;
  • procuração outorgada ao advogado de sua confiança.

Anúncios