“A verdadeira arte de viajar…
A gente sempre deve sair à rua como quem foge de casa,
Como se estivessem abertos diante de nós todos os caminhos do mundo.
Não importa que os compromissos, as obrigações, estejam ali…
Chegamos de muito longe, de alma aberta e o coração cantando!”

Mario Quintana

 

Como é bom viajar!

Mas há a possibilidade de alguns infortúnios em viagens.

E hoje vamos falar sobre  o extravio de bagagens em viagens de avião.

As perguntas que mais me fazem são as seguintes:

 

Tive a minha bagagem perdida…foi extraviada.

Quais os meus direitos?

Qual procedimento devo seguir?

Tenho direito ao ressarcimento no valor correspondente à bagagem?

Tenho direito a danos morais?

O que fazer:

  1. Ao constatar que a bagagem não chegou à sala de desembarque, dirija-se ao balcão da companhia aérea e preencha o Registro de Irregularidade de Bagagem (RIB).
  2. Registre também uma queixa no escritório da Agencia Nacional de Aviacao Civil (Anac) dentro do aeroporto.
  3. Se o voo for doméstico, a empresa tem até 30 dias para devolver os pertences no endereço estipulado por você ou 21 dias, no caso de voo internacional.
  4. Se não houver a devolução da sua bagagem no período descrito acima, o Código de Defesa do Consumidor determina que a empresa pague um valor equivalente ao da mala e objetos nela contidos, além de todas as despesas que o cliente venha a ter por conta do extravio da bagagem.
  5. Por isso, a dica é guardar todos os recibos de compras feitas na mala de mão e não na sua bagagem.

As companhias aéreas brasileiras geralmente estipulam um limite para tal indenização.

Mas você pode não concordar com o valor estipulado pela empresa aérea e assim,  é possível então entrar com um processo judicial.

Anúncios