O caso de Andressa Urach não é o primeiro quando o assunto é uma intervenção que deu errado. Andressa Urach passou por sérias complicações  decorrentes de um problema com a aplicação de hidrogel realizada há cinco anos para ficar com pernas maiores.

Anitta chamou a atenção depois de aparecer com preenchimento labial. Mas a cantora disse que para ela cirurgia plástica é igual a cortar o cabelo.

Renée Zellweger apareceu com feições muito diferentes em um evento nos EUA ficando quase irreconhecível,segundo alguns.

Muitas pessoas  ‘perderam a reta’ nas plásticas e intervenções cirurgicas.

Donatella Versace já ficou famosa por suas inúmeras plásticas para garantir o rosto mais novo.

Mickey Rourke ganhou os tablóides em 2000 por conta das inúmeras plásticas que fez para voltar ao que era nos anos 80, quando estava no auge de sua carreira.

Em resumo, cirurgia plástica, intervenção cirúrgica e procedimento estético é coisa séria e pode comprometer a felicidade e, principalmente,  a saúde de alguém vaidoso demais por um erro.

As pessoas desejarem parar o tempo é comum. Até razoável. No mínimo é normal querer manter mais tempo na juventude ou ficar mais bonito ou bonita.

Quem nunca pensou em melhorar fisicamente?

E quem está do outro lado do balcão?

O médico, o biomédico e a esteticista.

A gente querer ficar “lindo”é uma coisa. Mas podemos ter isso com segurança?

Vamos ficar mais bonitos mesmo?

Qual é o papel do médico na minha “viagem”, ou no meu desejo de ter 30 anos a menos?

Vale dizer que o médico ou biomédico é responsável pelo que promete e não deve fazer uma intervenção cirurgica sem a segurança.

Médico, biomédico e esteticista tem responsabilidade  sobre o que fazem e prescrevem.

Procure um profissional correto e certifique-se de que ele realmente seja um profissional credenciado na sua ordem de classe.

E você que já se deu mal e foi vítima de uma intervenção que não deu certo poderá buscar o seu direito na justiça, com certeza.

Linda Ostjen

 

 

Anúncios