Advogados em Porto Alegre
Linda Ostjen, advogada em Porto Alegre.

Caso esteja abandonada?!! Que situação confusa é a de não saber se foi abandonada ou se o marido vai voltar e “pedir as contas”  como deve ser.

O abandono gera inúmeras dúvidas para o cônjuge abandonado e toda a familia.

As pessoas pensam que se  o outro abandonar o lar ele não terá qualquer direito com relação ao domicílio do casal.

Mas isso não corresponde a realidade.

Pois bem, no caso do abandono de lar, nos termos do art. 1.240-A do Código Civil acrescido pela Lei nº. 12.424/2011, a lei confere ao ex-cônjuge abandonado o domínio integral da propriedade, desde que exerça a posse por período mínimo de 2 (dois) anos ininterruptamente, sendo essa pose sem oposição, de forma direta, com exclusividade sobre imóvel urbano de até 250m² (duzentos e cinquenta metros quadrados).

Portanto, ao ocorrer o abandono do lar e você estarem presentes  os requisitos, quem ficou na posse do imóvel  poderá se tornar o dono exclusivo da propriedade.

Você deve contratar um advogado que entrará com uma ação denominada de usucapião familiar.

Advogada divorcista Linda Ostjen

lindaostjen@gmail.com

linda@ostjen.com

Anúncios