Meu coração está em festa.

Meu filho ajoelhou e, ao som de violino,  pediu em casamento, a mulher que ama.

E ela? Disse SIM!

A vida testou meu guri nos últimos anos. E eu não pude evitar. As coisas iam acontecendo sem controle e a vida parecia que era água…escorrendo pelas mãos.

E eu e os  meus filhos aprendemos, nesta época, que a gente não controla tudo.

Eu bem  sei que a  felicidade só é conquistada por aqueles que são testados e forjados e que por tantas experiências fortes e duras construíram a sua nobreza pessoal.

Os fracos não são felizes porque não são donos do seu próprio humor e alegrias.

Ninguém vai ser feliz se não puder se respeitar e se não puder se fazer respeitar.

Ninguém vai ser feliz se não tiver a capacidade de abandonar o que tiver de ser abandonado.

Eu nunca vi um homem com medo ser feliz.

Eu ainda não vi quem tem só  incertezas ser feliz.

Não vai ser feliz quem não teve uma série de derrotas e vitórias…conscientes.

Vitórias e derrotas raiz, aquelas que a gente optou, não de fatos que foram acontecendo por imprudência, mas derrotas pelo aquilo que se escolheu, pelo que se decidiu e por aquilo que se enfrentou pela própria razão.

Quebrar a cara, é disso que estou falando. Sabe ser feliz quem já lascou a cara feio.

Sabe ser feliz é para quem passou pelo rol de experiências e descobriu o ponto forte, o ponto fraco, testou as suas crenças e se limpou de crenças ruins, quem se formou, se lapidou, aprendeu e nutriu crenças ainda melhores…sem ter certeza nenhuma.

A felicidade é uma coisa muito nobre para ser dada a qualquer um.

A felicidade não é para qualquer um!

Se eu viver a mendigar felicidade eu não a terei. Talvez terei algumas alegrias e contentamentos, mas a felicidade, não.

Só quando  a gente quebra e se refaz de verdade a gente consegue ser feliz. E ter certeza que é aquilo…é felicidade. É amor.

Quando o homem é fraco e a têmpera que o forjou não é consistente, o  que era certo se torna duvidoso. Para os fracos não existe certeza.

A certeza só existe para quem está pronto.

Parabéns meu filho. Quanto orgulho de ti.

Que sejas um bom marido, tanto quando és um bom filho.

Seja muito mais feliz. Faz a tua Natalia uma mulher muito mais feliz.

E que o casal amado receba bênçãos extraordinárias!

Com muito amor,

Tua Mãe,

Linda Ostjen